“Cancelar o Carnaval hoje é incoerente” afirma o prefeito de São Paulo

Cancelar o Carnaval hoje é incoerente, disse na sexta-feira, 26, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB). Ao jornal Folha de S.Paulo, o chefe do Executivo municipal afirmou que vai bater o martelo mais perto da data.


“Anunciar agora o cancelamento pode ser por outros motivos porque quer fazer bonito para alguém, porque não escuta área técnica”, observou. “Tecnicamente, hoje é incoerente dizer que não vai ter. Ou dizer que vai ter com certeza.”


A fala de Nunes vem em um momento em que 58 cidades decidiram evitar a festa devido à covid-19. “Tenho visto muitos prefeitos falarem que vai ter, que não vai ter, baseados em algo que não existe. Não tem estudo”, disse Nunes.


O prefeito de São Paulo ressaltou que a metrópole vive um momento confortável da pandemia. “Por que eu vou cancelar o Carnaval agora? Só para agradar às pessoas e fazer render notícia?”, interpelou Nunes.

Cancelar o Carnaval no Rio de Janeiro

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), afirmou que a festa pode não ocorrer na capital fluminense. “Se tiver condições, vai ter. Se não tiver condições, não vai ter o Carnaval”, disse, em entrevista à revista Veja. “Torço para que tenha.”




(Matéria da Revista Oeste)